RSS

About

Sempre gostei de viagens. Mas o que sempre mais me motivou nas viagens foi conhecer o novo. Países, novos, culturas novas, lugares novos. Não que eu queira bate qualquer recorde de número de países, o número de países é apenas uma consequência. Nada supera uma nova experiência. Antigamente eu sentia um frio na barriga maior, quando não havia internet com youtube, blogs e sites com relatos, fotos, vídeos e todo tipo de informação sobre qualquer lugar do planeta. Confesso que ficou bem mais fácil de planejar, mas tenho a sensação de que perdeu um pouco aquela graça de chegar em um lugar onde você não tem a menor ideia do que vai encontrar.

Já conheci e li à respeito de muitos viajantes que passam meses, às vezes anos na estrada. Esses normalmente não tem problemas em admitir que não têm raízes, que querem mais é viajar como meio de vida, sempre que podem. Comigo é diferente. Quanto mais eu viajo, mais eu tenho certeza de que meu lugar é em casa, perto da família. No entanto, a vontade de conhecer (vivenciando) o novo é mais forte. Cada vez que eu parto, tem um lado meu que fica triste, que tem certeza que vai ter muita saudade, mas tem outro lado que sabe que para mim o certo é ir em frente, pois o mundo está lá, para aqueles que desejam e podem desbravá-lo.

 

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: