RSS

Category Archives: Malasia

Kuala Lumpur – últimos dias da viagem

Depois de um dia bem agradável, saímos cedo do hotel para o aeroporto, a fim de pegarmos o voo de volta para Kuala Lumpur. Ainda tínhamos mais uma tarde inteira e meio dia em Kuala Lumpur. Deixamos as coisas no mesmo hotel, ao lado de um shopping vazio e partimos para o centro.

Depois de almoçarmos no shopping, fomos andar pelo centro, vimos alguns prédios islâmicos, como a Mesquita Masjid Jamek Bandaraya. Infelizmente não nos deixaram entrar, mas andamos pelas redondezas da mesquita, apreciando alguns prédios em estilo islâmico que ficam próximos.

DSC04278

Mesquita Masjid Jamed Bandaraya

DSC04280

Outro prédio estilo islâmico

DSC04290

Mais um

Depois fomos andando até a Chinatown. Como a Malásia fica próxima da China, e tem uma boa parcela de chineses em sua popilação, aproximadamente 25%, pensei que a Chinatown seria mais interessante. Visitamos algumas ruas com lojas e centenas de barracas com produtos chineses. Poderia facilmente ser no Paraguai, ou em qualquer outro lugar com uma comunidade grande de chineses. Até compramos algumas camisas de times de futebol, obviamente falsificadas. Mas confesso um quê de decepção.

Ali perto fica o Mercado Central, nada de mais. Não quero com isso diminuir a importância de Kuala Lumpur, apenas tenho que dar o meu testemunho, e minhas impressões. Continuo achando que é uma cidade bem desenvolvida, uma das mais desenvolvidas do sudeste asiático, provavelmente perdendo para Cingapura e Hong Kong somente.

 

DSC04293

Eu e Leo em Chinatown

DSC04297

Bye bye Malásia

No dia seguinte, Leo e Fabricio ficaram com preguiça de fazer qualquer programa cultural, e decidimos descansar, preparar as malas, e ir ao shopping para almoçar. O que faltava ver mesmo era a vista das Petronas Towers. Eu estava em dúvida se valia à pena pagar para subir somente até a metade, mas São Pedro decidiu por nós. O tempo estava totalmente fechado, e quando chegamos no shopping que fica em baixo das torres, caiu um dilúvio, que enterrou de vez nossas dúvidas. Voltamos para o hotel, pegamos nossas bagagens e partimos para o aeroporto. Era o fim de mais uma viagem.

Advertisements
 
Leave a comment

Posted by on February 13, 2016 in Malasia, Malaysia

 

Tags:

Kuala Lumpur – ordem e progresso

Bem, acordamos cedo, se é que posso usar o termo “acordamos”, pois como disse anteriormente, nem dormi à noite por conta do maldito fuso de 10 horas. Como tínhamos alugado um apartamento, é claro que não havia café da manhã, e por isso saímos para comer em um mercado ao lado do hotel.

Nosso voo para Yangon era somente no final da tarde, portanto fomos para a rua conhecer um pouco de Kuala Lumpur. Nosso primeiro destino foi o mercado de Pudu, um bairro próximo. O Lonely Planet dizia que era um mercado típico, e que valia uma visita. Porém, posso adiantar que a decepção foi grande, era apenas um feira livre asiática. De proveitoso, apenas fotos de gafanhotos, sapos, cobras e outras espécies exóticas, todas vivas, à venda para consumo.

 

Vai um sapinho pro almoço?

Vai um sapinho pro almoço?

DSC03036

Frango de várias cores…

Dali partimos para o centro afinal quem vai à Kuala Lumpur e não visita as Petronas Towers não marca ponto hehe. Pegamos um trem urbano, que vira metro, ou não sei se é o contrário. O fato que Kuala Lumpur tem um sistema de transporte de nos dar inveja. Rapidamente estávamos lá. O trem chega direto na estação dentro do shopping Suria KLCC Mall, que fica em baixo das torres.

O shopping é lindíssimo, com 5 andares, elevador panorâmico, cheio de vida, ainda mais com o movimentos dos escritórios das torres e de todos os prédios grandiosos que ficam ao lado. Saímos para trás do shopping para ver as torres, e demos de cara com um lindo parque, um lugar super tranquilo para passear, com a vista das torres. Confesso que já tinha vista fotos das torres dezenas de vezes, mas vendo ao vivo, devo admitir que os prédios são lindos, imponentes, e a gente acaba tirando dezenas de fotos de vários ângulos, para depois descobrir que são todas iguais.

Descobrimos mais 2 coisas : tem que agendar com antecedência para conseguir subir nas torres, e não se sobe até o topo, apenas até a plataforma que une as 2 torres, e deve ficar mais ou menos no meio do caminho.

DSC03044

Suria KLCC Mall

DSC03052

Petronas Towers

DSC03062

Plataforma de observação

Almoçamos e voltamos ao hotel para buscar as malas e partir para o aeroporto, rumo à Myanmar.

Voo da Air Asia super tranquilo, cheio de birmaneses. O que me chamou à atenção no voo é que a Air Asia vende vários produtos com sua marca, e alguns passageiros birmaneses compraram camisas polos e bonés da Air Asia, e trocaram de camisa no banheiro do avião, isto é, acharam o máximo chegar à Myanmar de camisa da Air Asia.

Chegada em Yangon fica para o próximo post.

 
Leave a comment

Posted by on November 22, 2015 in Malasia

 

Tags:

#partiuAsia

Bem, chegada a hora de partir, últimos preparativos. Pra variar, mochila bem enxuta, pois não gosto de carregar muito peso. O que ajuda nesta viagem é a temperatura, sempre alta, o que abre a possibilidade de usar roupas leves, com bermudas e sandálias, mas sempre preparado para situações de emergências. Até guarda-chuva estou levando, sabendo que ainda pego o resquício de estação chuvosa naquela área.

Voos de ida super longos. Rio – Amsterdam são 12 horas, mais 9 horas de espera no aeroporto de Amsterdam, e mais 13 horas de voo até Kuala Lumpur. Imaginem o estado do ser humano na chegada. Um caco. Pegamos um trem até uma determinada estação, onde o Fabrício estaria (e estava) nos esperando. De lá caminhamos até o hotel.

Bem, o hotel era na verdade um complexo de apartamentos, que fica em cima de um shopping novinho em folha, porém completamente vazio. Deve ter uns 4 ou 5 andares de lojas, todas vazias, com seguranças em todos os cantos. A informação que tivemos é que estão tendo problemas de documentação, seja isso lá o que for, e por isso não abrem. Nem sei avaliar se será um sucesso quando abrir.

Depois de tanto avião, estava acabado. Fomos comer em frente ao hotel, em um restaurante chinês bem fraquinho e voltamos. Eles queriam or tirar fotos das Petronas Towers à noite, mas meu corpo pedia clemência. Disse à eles que ia dormir, e apaguei. Só que meu sono só durou 2 horinhas. Logo acordei, exatamente quando eles voltaram. Aí eles dormiram, e eu fiquei acordado à noite toda, praguejando contra as 10 horas de fuso.

Primeira impressão de Kuala Lumpur foi boa. Uma cidade moderna, cheia de vias expressas, viadutos, prédios altos, modernos, condomínios, e um sistema de transporte público bem mais avançado do que o nosso. Há inclusive trem e ônibus do aeroporto para a cidade. Que inveja. isso sem falar no aeroporto. Chegamos pelo terminal antigo, que já é melhor do que qualquer aeroporto brasileiro.

 
Leave a comment

Posted by on November 15, 2015 in Malasia, Malaysia

 

Tags: